segunda-feira, 24 de março de 2008

Etiqueta no supermercado

É bem estranho que as pessoas nunca se lembrem de ser educadas na hora das compras. O mercado é um espaço de convivência como outro qualquer e, tantas vezes, principalmente quando o ambiente está cheio, vemos reais exemplos de intolerância e descortesia: crianças pulando e gritando, pessoas furando fila descaradamente, deixando carrinhos para "marcar lugar" e por aí vai. Claro que não quero educar toda a gente através de um post simples em um blog, mas algumas dicas podem evitar o estresse de todos nesse tipo de ambiente.

Em primeiro lugar, nada de ir ao supermercado em horários de pico. Eu mesma opto sempre por fazer minhas compras à noite, depois das oito. Ou no domingo de manhã. É uma nova experiência de vida encontrar o mercado vazio, fora que não corro o risco de ser flagrada por fãs enlouquecidas.

Depois, deixe as crianças em casa. Supermercado não é playground, muito menos pista de corridas de carrinhos de compra. Só quem já fugiu das pestes desenfreadas entende o que estou falando. Tem mesmo de levar o filho? Prefira os supermercados com cantinho de convivência: você deixa as feras brincando com uma equipe treinada, e não paga nada mais por isso. Além de poder acompanhar o filhote nas telinhas espalhadas por todo o lugar, como se fosse um Big Brother.

Lembre-se: muita paciência. Encare tudo com muito bom humor e um sorriso no rosto, afinal você é chic!

Dica especial da Gilda: o mp3 player é a invenção do século para desestressar. Outro dia fui comprar meus ovos de páscoa, e a fila para pagar era maior do que aquelas de parque de diversão. Não tive dúvidas: saquei meu player da bolsa, e aproveitei a espera ao som de uma boa música.

Um comentário:

Confê disse...

Gilda pestes de supermercados ambulantes é super chato, e quando dão pra chorar?